Amanrasa destaca ações para combater alagamentos e esgotamento na Praia de Manguinhos

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp

A Associação de Moradores e Amigos das Praias de Manguinhos e Rasa (Amanrasa) destacou as iniciativas em curso adotadas pela Prefeitura de Búzios para enfrentar os problemas de alagamentos e esgotamento na Região de Cem Braças, Centro, Tucuns e o lançamento da Praia de Manguinhos. Durante um encontro entre a a  vice-presidente da Amanrasa, Thereza Brandão Teixeira; o diretor de meio ambiente, o engenheiro Eduardo Massa; e o vice-prefeito e secretário de obras de Búzios, Miguel Pereira, foram visitadas as obras que estão sendo realizadas pela administração municipal para minimizar os impactos ambientais e sociais causados por esses problemas.

A Amanrasa reconhece que a Prefeitura, por meio do secretário de Obras, tem adotado medidas concretas visando a redução do lançamento de esgoto e a prevenção de alagamentos. Algumas dessas medidas incluem a construção de duas lagoas em Tucuns, já idealizadas há bastante tempo, que servirão, não só como acumulação de picos de vazão de águas pluviais, reduzindo assim a frequência de alagamentos, como também em áreas de lazer, e a instalação de elevatórias nas proximidades do Capão.

Visando uma melhor eficiência no direcionamento do esgoto para a Estação de Tratamento do município durante os períodos estiagem, evitando o despejo direto na Praia de Manguinhos, como vem ocorrendo, e que, lamentavelmente, continuará a ocorrer por ocasião de chuvas mais intensas. Embora essas ações não representem uma solução definitiva, já demonstram uma diminuição na presença de esgoto no mar, especialmente na praia de Manguinhos.

A Amanrasa ressalta que, embora haja otimismo em relação aos resultados dessas obras, é essencial desenvolver um projeto de engenharia e drenagem abrangente para a região de forma a avaliar a magnitude das melhorias que serão alcançadas. A associação está empenhada em colaborar para contribuir com a construção, no sentido de analisar o estudo global, levando em consideração o crescimento da cidade nos últimos anos e outras atividades que beneficiem Búzios.

Eduardo Massa, diretor de meio ambiente da Amanrasa, afirmou: “Um plano global que identifique as bacias e caminhos das águas pluviais na região é fundamental para a definição das obras que venham a ser necessárias para dar uma solução a médio e longo prazo dos problemas de inundações. Evidentemente torna-se necessário também a complementação do sistema de coleta de esgotos com o devido direcionamento para a estação de tratamento da Prolagos”.

A Amanrasa, que já conta com quase 200 associados, foi criada recentemente com o objetivo de colaborar com o município e suas demandas, com foco no meio ambiente, segurança e ordenamento. A associação destaca que o desafio enfrentado por Búzios é comum a muitas outras cidades brasileiras, tanto as localizadas no litoral quanto aquelas próximas a grandes rios, onde por força do crescimento populacional sem planejamento prévio, são construídas edificações em áreas que deveriam ser destinadas ao acúmulo ou passagem das águas pluviais.

“A AMANRASA continuará acompanhando de perto o progresso das obras e mantendo uma parceria ativa com a Prefeitura de Búzios, visando encontrar soluções sustentáveis e duradouras para os problemas enfrentados pela região. ”, finaliza Massa.

Veja Também:

Amanrasa e secretário de obras

Amanrasa realiza primeiro encontro com o novo secretário de obras de Búzios

A diretoria da Amanrasa com o prefeito Alexandre Martins

Amanrasa se reúne com o prefeito de Búzios

Assembleia Geral Amanrasa

Primeira Assembleia Geral de 2024 da Amanrasa: transparência, segurança e participação híbrida